Chapada dos Guimarães

Meu primeiro dia de Chapada (e de folga) foi cheio de preguiça, fofoca, caminhada, risadas e cachoeira – daquelas que estão fora do parque, mais escondidinhas.

Quem já conversou comigo sobre viagem – ou acompanha essa página aqui, sabe bem que não tem nada que eu goste mais do que conhecer um lugar pelos olhos de quem mora ali. Por isso, adoro ficar na casa de amigos, amigos de amigos, familiares e até desconhecidos (couchsurfing, blabla car, até airbnb ajudam nisso aê).

Quando descori que viria a Cuiabá logo acionei o amigo-do-coração-e-da-região Paulo Monarco, que infelizmente não pôde estar aqui. Mas a família dele tem me recebido de braços abertos.  Hoje a irmã dele, minha xará, Luisa me guiou até a cachoeira e fez cia o dia todo.


A imagem mais tradicional da Chapada dos Guimarães é o paredão da Cidade de Pedra. Não é por menos! Lindo de mais. Lembra a gente de quão pequeninos somos nesse mundo.

O passeio continuou na Crista de Galo, de onde conseguimos ver a 360 graus da chapada… de lá o parque vai além do horizonte que a gente vê. A imponência dos paredões ficam ainda mais fortes vistas de baixo.

Para fechar demos um mergulho no Vale do Rio Claro, numa área bem próxima da nascente do rio, berçário de peixes, com a temperatura delícia: nem fria de mais, nem quente de mais.


Meu último dia na Chapada dos Guimarães foi repleto de mergulhos nas cachoeiras do circuito do parque. São 7 quedas dágua no total e dá para tomar banho na grande maioria. Em uma delas, inclusive, é possível um breve banho de hidromassagem natural!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s